Balanço das chuvas em Bodocó: 350 casas inundadas, centenas de famílias desabrigadas e ilhadas

0
74

O prefeito de Bodocó-PE, Túlio Alves, reuniu a equipe de governo e Corpo de Bombeiros na tarde desta sexta-feira (13), para tratar sobre as definições das ações de contingência que serão executadas para minimizar os impactos causados pelas fortes chuvas que caíram durante toda a madrugada de hoje no município sertanejo.

Trecho da PE-545, que liga Bodocó a Ouricuri foi bloqueado após a pista ceder.

Entre os problemas, estão cerca de 350 casas inundadas, centenas de famílias desabrigadas, acesso impossibilitado a algumas comunidades rurais, além do trecho da PE-545, que liga as cidades de Bodocó e Ouricuri, que foi bloqueado, após a pista ceder.

Todas as secretarias municipais estão mobilizadas em função de ações e medidas para garantir suporte para alojamento, alimentação, medicações e assistência médica e social aos desabrigados.

A Secretaria de Infraestrutura segue realizando levantamento de todas as casas e pontos alagados, além do monitoramento das barragens e açudes do município.

O prefeito Túlio Alves além de mobilizar todas as equipes da prefeitura e monitorar as ações, fez um pelo à população. “Em nome de cada bodocoense, peço que possamos unir forças para ajudar as pessoas que mais precisam neste momento, como também pedimos que as pessoas que estão em área de risco não apresentem resistência para saírem de suas casas.”

A Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC) emitiu Aviso Hidrometereológico nesta sexta-feira, que indica a probabilidade de significativos acúmulos de chuvas com intensidade de moderada a forte na região do sertão nos próximos dois dias.

A Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) e a Defesa Civil de Petrolina estão se dirigindo a cidade para as medidas cabíveis.

Do Blog do Nill Júnior

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here