Sete são presos tentando fraudar concurso da PM, na Paraíba

0
67
Tropas da Polícia Militar da Paraíba em 2016 (Foto: Wagner Varela/Assessoria de Comunicação PMPB)

Do Portal Correio

A polícia conduziu sete pessoas à delegacia durante a aplicação das provas do concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, na Paraíba. Na Capital, no bairro do Tambiá, um homem foi preso por falsidade ideológica quando tentava fazer a prova no lugar de outro candidato. Outras seis pessoas foram detidas por práticas ilícitas durante o certame e foram automaticamente eliminadas do concurso.

O mesmo caso de João Pessoa foi registrado em Campina Grande. Um homem foi preso com uma identidade falsa e chegou a oferecer R$ 80 mil aos policiais para não ser detido. Na cidade de Patos, no Sertão, dois candidatos foram flagrados com celulares na cueca e outros três com receptores eletrônicos.

De acordo com a Polícia Militar, todos os detidos neste domingo (29), a maioria de outros estados, já vinham sendo monitorados pela PM, “que montou um forte esquema de segurança, orientado pela Coordenadoria de Inteligência (COInt), para evitar qualquer tentativa de fraude no certame”. Os suspeitos serão ouvidos e, após os esclarecimentos, podem responder pelos respectivos crimes.

O Portal Correio tentou entrar em contato com a Polícia Civil para saber mais informações sobre os casos, mas as ligações não foram atendidas.

O concurso para soldado da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar registrou 5.504 candidatos faltosos, o que representa menos de 7% (6,92%) dos 79.501 candidatos inscritos. A quantidade de candidatos eliminados por não obedeceram as regras do edital será divulgada pela banca que realizou o certame

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here