Em madrugada de terror, a cidade de Surubim registra ações contra quatro bancos

0
61

JC Online

Em madrugada de terror, quatro agências bancárias se tornaram alvo de ações criminosas em Surubim, no Agreste de Pernambuco, nesta terça-feira (10). De acordo com a Polícia Militar, foram registradas investidas contra Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Santander.

Segundo o Coronel Antônio Raul Pereira, do 22° Batalhão da Polícia Militar, durante a ação, os suspeitos bloquearem a saída dos agentes que estavam no quartel incendiando um carro e alvejando o local com vários tiros de fuzil. “A polícia não conseguiu sair para conter a ação de imediato por conta da quantidade de suspeitos, que estavam em outros dois carros, e do poderio de arma que eles carregavam”, explicou.

Após a polícia conseguir ir ao local da ação, os agentes foram orientados a não trocar tiros com os suspeitos. ”Não existia a intenção de confronto, já que os assaltantes estavam fazendo reféns”, afirmou o Coronel. Apesar da recomendação, um policial civil foi ferido após trocar tiros com os suspeitos. Ele foi encaminhado ao Hospital do município e não corre risco de morte.

Um homem identificado com Hailton Pedrosa ficou ferido durante a ação. De acordo com uma parente, ele estava bebendo em um bar nas proximidades dos bancos quando foi abordado pelos criminosos. Como se recusou a entregar seu carro, ele acabou sendo atingido por um tiro na perna. A vítima foi levada para o hospital da cidade. O quadro de saúde é considerado estável.

Segundo testemunhas, os suspeitos conseguiram explodir dois cofres, mas ainda não se sabe se eles conseguiram roubar alguma quantia em dinheiro. O 22° Batalhão, informou que a circulação de policiais pela cidade já foi normalizada e que viaturas de cidade vizinhas estão fazendo uma ‘limpeza’ no que diz respeito as rodovias para evitar a instalação de grampos.

A policia continua fazendo buscas pela região para identificar e prender os suspeitos. O Instituto de Criminalística (IC) e a Polícia Civil já foram acionados para iniciar as investigações.

Moradores assustados

Nas redes sociais, os moradores da cidade relatam os momentos de horror durante a madrugada.  “Me senti em uma guerra, nunca tinha visto uma coisa dessas, nunca tinha ouvido tantos tiros”, disse uma mulher identificada como Sandra Batista.

Em entrevista ao JC, a balconista Eliane Gouveia contou que estava dormindo e acordo com os tiros.  “Acordamos com o barulho dos tiros. Foi uma cena de terror, todo mundo apavorado, nunca passamos por algo assim.”

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here