Estudantes de Itapetim fazem Vakinha Online para visitar Museu Ricardo Brennand em Recife; clique na matéria e veja como contribuir

0
83
Foto: Reprodução

Alunos do 2º ano do Ensino Médio de Itapetim, no Sertão do Pajeú, estão lutando para realizar o sonho de visitar o Museu Ricardo Brennand, localizado em Recife. Uma das medidas encontradas pela turma foi pedir ajuda financeira através de uma Vakinha Online. De acordo com os estudantes, eles precisam arrecadar o valor de R$ 6.000,00, que seria a quantia necessária para as despesas com a viagem.

O objetivo dos jovens com a visita é ampliar os conhecimentos sobre a cultura brasileira e pernambucana.

“É de grande importância que podemos adquirir com o tempo mais conhecimento, podendo salientar que a história do nosso país não pode ser jamais esquecida, nem muito menos do nosso Pernambuco. É com isso, que nós alunos estamos trabalhando cada vez mais para realizar tal sonho que é o de visitar o Museu Ricardo Brennand”, justificam.

Para contribuir com qualquer quantia basta só clicar no link abaixo e fazer a sua doação:

Contribua clicando aqui

Instituto Ricardo Brennand

Instituto Ricardo Brennand (IRB) é uma instituição cultural brasileira localizada na cidade de Recife, no bairro da Várzea. Fundado em 2002 pelo colecionador e empresário pernambucano Ricardo Brennand, o instituto está sediado em um complexo arquitetônico em estilo medieval, composto por três prédios: Museu Castelo São João, Pinacoteca, Galeria e a Capela Nossa Senhora das Graças, circundados por um vasto parque.

Possui uma coleção permanente de objetos histórico-artísticos de diversas procedências, abrangendo o período que vai da Baixa Idade Média ao século XXI, com forte ênfase na documentação histórica e iconográfica relacionada ao período colonial e ao Brasil Holandês, incluindo a maior coleção do mundo de pinturas de Frans Post, com vinte obras.

O instituto também abriga um dos maiores acervos de armas brancas do mundo, com mais de 3 000 peças, a maior parte proveniente da Europa e da Ásia, produzidas entre os séculos XIV e XXI. A biblioteca do instituto possui mais de 60 mil volumes, datados do século XVI em diante, destacando-se as coleções de brasiliana e obras raras.

((Fonte: Wikipédia))

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here