Colisão entre três veículos deixa 3 mortos e 11 feridos na Serra das Russas

0
94
O Corpo de Bombeiros se encontra no local prestando socorro às vítimas Foto: Divulgação/PRF

Uma colisão envolvendo um caminhão, um ônibus e um carro de passeio deixou três mortos e onze feridos na BR-232, na Serra das Russas, em Pombos, Zona da Mata do Estado, na noite dessa segunda-feira (11). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu no quilômetro 64, na divisa entre a cidade e o município de Gravatá, já no Agreste de Pernambuco.

Segundo a PRF, o ônibus levava 54 passageiros de volta a Olinda, no Grande Recife, quando o motorista do coletivo teria perdido o controle da direção, o que o levou a bater em um carro e depois colidir com caminhão. Os ocupantes do coletivo tinham ido comprar roupas no polo de confecção de Santa Cruz do Capibaribe, também no Agreste.

Das pessoas que morreram no local, uma delas foi o condutor do ônibus. As outras duas vítimas foram passageiras do coletivo, sendo uma adolescente e uma mulher grávida de seis meses.

Feridos

A PRF informou que, até às 7h18 da terça (11), os feridos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Eles foram encaminhados para o Hospital João Murilo de Oliveira, em Vitória de Santo Antão, também na Zona da Mata, e o Hospital da Restauração, na área central do Recife.

As identificações e idades das vítimas não foram divulgadas. O Corpo de Bombeiros esteve no local prestando socorro às outras vítimas. Ainda segundo a PRF, o número de feridos pode aumentar.

Várias passageiros do ônibus tiveram escoriações pelo corpo mas foram atendidas e liberadas pelo Samu ainda no local.

Interdição

Por volta das 19h20, ocorreu uma interdição total na rodovia no sentido Recife. De acordo com a PRF, a via foi totalmente liberada perto das 23h30.

Até o momento, não há informações sobre as causas do acidente. Testemunhas informaram que o ônibus teria perdido os freios e isso teria ocasionado a perda do controle por parte do condutor.

Ainda segundo os populares, o coletivo não chegou a cair na ribanceira de cerca de 300 metros de altura pois o motorista puxou o veículo em direção a uma espécie de barreira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!