Náutico leva gol no último minuto e cai na Copa do Nordeste

0
15
Náutico e Botafogo duelaram nesta quinta-feira (09), pela semifinal da Copa do Nordeste. Foto: Léo Lemos/CNC

Por: Gustavo Lucchesi, da Folha de Pernambuco

Não faltou luta, determinação e vontade, mas o futebol castigo os vacilos. Num jogo bastante equilibrado, o Náutico perdeu para o Botafogo/PB por 2×1, nesta quinta-feira (09), no Almeidão, em João Pessoa. Como era um jogo único da semifinal da Copa do Nordeste 2019, o Belo garantiu a vaga na grande final, eliminando o Timbu, que concentra agora todas as suas forças para o Brasileiro da Série C.

Dentro de campo, o clima de decisão estava no ar em João Pessoa. Desde o apito inicial, os mandantes tentaram tirar proveito do apoio da torcida para tentar sufocar os alvirrubros. Com apenas seis minutos, uma excelente chance dos paraibanos abrirem o placar. Após lançamento, o goleiro Bruno se afobou e saiu mal do gol. Nando dominou e tocou para Juninho bater para o gol com Camutanga salvando em cima da linha e salvando os pernambucanos. A pressão alvinegra continuou. Aos 12 minutos, Marcos Aurélio bateu falta com maestria e a bola triscou no travessão, com Bruno já batido no lance.

O lance acordou o Náutico. Dois minutos depois, Wallace Pernambucano furou na linha da pequena área, após belo passe de Odilávio. Passando a gostar do jogo, o Timbu voltou a chegar perto do gol, novamente com Wallace Pernambucano, que cabeceou para a grande defesa de Saulo. Sem passar confiança nenhuma nas saídas de gol, Bruno falhou novamente, mas Marcos Aurélio errou o alvo, batendo por cima. Nos minutos finais, Nando ainda desperdiçou duas boas chances de abrir o placar.

Na etapa final, um Náutico desatento voltou ao gramado. Aos oito minutos, Nando saiu de frente para Bruno, que fechou o ângulo e fez boa defesa. Mas, em seguida, num desses cochilos alvirrubros, o Belo abriu o placar. Após lançamento, Nando saiu de frente para Bruno, que fez a defesa no primeiro lance, mas na sobra, o atacante alvinegro ganhou a dividida e bateu para o fundo do gol, abrindo placar: 1×0.

Sem deixar o adversário saborear, o Náutico precisou de cinco minutos para deixar tudo igual: O atacante Tarcísio Martins recebeu assistência e chutou cruzado. O goleiro Saulo falhou, a bola passeou sobre a linha e Fábio Silva, ao tentar afastar, chutou para dentro do gol: 1×1. Com a igualdade no placar, as duas equipes passaram a se arriscar menos. Somente nas bolas paradas, o Botafogo assustava, com Marcos Aurélio.

Com o gramado molhado, as bolas paradas viraram a melhor arma das equipes. E aos 22 minutos, uma grande chance para o Botofogo. Após bola levantada na área, Enercino caiu e o árbitro deu pênalti. Na cobrança, Fábio Silva chutou forte e Bruno fez a defesa, salvando o Timbu. Mas, o castigo veio no último minuto para os alvirrubros. Após falta levantada na área por Clayton, Juninho cabeceou de costas e encobriu o goleiro Bruno, fazendo o Almeidão explodir e garantindo o Botafogo na grande final da Copa do Nordeste 2019.

Ficha técnica

Botafogo 2
Saulo, Israel, Donato, Lula e Fábio Alves; Rogério, Marcos Vinícius (Dico), Clayton, Marcos Aurélio (Enercino) e Juninho; Nando (Paulo Renê). Técnico: Evaristo Piza.

Náutico 1
Bruno; Hereda, Camutanga, Rafael Ribeiro e Assis (André Krobel; Jiménez, Luiz Henrique, Wagninho e Lucas Paraíba (Tarcísio Martins); Odilávio (Rafael Oliveira) e Wallace Pernambucano. Técnico: Márcio Goiano.

Local: Almeidão (João Pessoa/PB). Árbitro: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN). Assistentes: Jean Marcio dos Santos e Vinicius Melo de Lima. Gols: Nando (aos 10 do 2ºT) e Tarcísio Martins (Náutico). Juninho (aos 44 do 2ºT). Cartões amarelos: Fábio Alves, Nando, Marcos Aurélio, Enercino e Rogério (Botafogo). Jiménez, Bruno e Luiz Henrique (Náutico).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here