Professor é encontrado morto em Arcoverde

0
220
Henry Pereira da Silva. Foto: Cortesia
O professor e diretor da Escola Monsenhor José Kherle, em Arcoverde, Henry Pereira, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira, dia 15, em sua residência localizada no bairro da Boa Vista. Informações preliminares dão conta de que ele teria sido assassinado e seu corpo queimado. O carro teria sido levado pelos supostos criminosos. Ainda não há detalhes oficiais sobre o caso.
Diretor do Monsenhor a pouco mais de um ano, Henry Pereira vinha desenvolvendo um trabalho de reestruturação daquela unidade escolar localizada entre os bairros da Boa Esperança e JK.
Ator, diretor de teatro, um dos criadores da Estação da Cultura no prédio da antiga Estação Ferroviária em 2001, Henry já ocupou o Departamento de Cultura da Prefeitura de Arcoverde e foi integrante da atual secretaria criada ano passado.
Ardoroso defensor da cultura local e ativista de primeira linha do Movimento Cultural de Arcoverde, Henry assumiu a direção da Escola Monsenhor José Kherle como um novo desafio. Sua trajetória foi interrompida cruelmente na madrugada/manhã desta quarta-feira. No dia 13 de maio, segunda-feira, ele saudava a vida e a semana que começava com essa imagem abaixo com o olhar voltado para o infinito…
Novas informações, repassadas por pessoas próximas, sobre o caso do Diretor Henry Pereira dão conta de que por volta das 00h30 da manhã houve um incêndio na casa aonde o professor morava de aluguel e dentro dela um corpo carbonizado. Foi encontrado na manhã de hoje o carro de propriedade do professor e diretor Henry Pereira. O veículo estava na estrada de Serra das Varas totalmente queimado. O corpo foi levado para o IML Recife para identificação.
(*) Fonte: Folha das Cidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here