Morre ex-deputado Fernando Coelho e governador decreta luto

69

Por: Blog da Folha 

O ex-deputado federal Fernando de Vasconcelos Coelho,  faleceu nesta na manhã terça-feira (23), em João Pessoa (PB), aos 86 anos . Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há 11 dias, por conta de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Em razão de seu falecimento, o governador Paulo Câmara (PSB) decretou luto oficial de três dias em Pernambuco.
Trajetória – Ex-deputado federal e ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco entre 1985 e 1987, Fernando de Vasconcellos Coelho foi também coordenador da Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Helder Câmara. O ex-deputado integrou a chamada “ala autêntica do MDB” que lutava pelo reestabelecimento da democracia no país. Foi nomeado pelo então governador Eduardo Campos como coordenador executivo da Comissão.  Era irmão de Germano Coelho, que foi prefeito de Olinda por duas vezes.

Foi deputado federal pelo MDB entre 1974 e 1982, tendo sido mais votado da região Metropolitana do Recife em duas eleições. Candidato-se como vice-governador na chapa de Marcos Freire em 1982, mas não venceu a eleição daquele ano. Fernando a foi vice-presidente nacional do antigo PMDB na gestão de Ulysses Guimarães. Fernando foi professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Assinou diversos livros sobre resistência democrática no regime militar e sobre o papel da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) no processo de redemocratização.

Leia a nota de pesar do governador Paulo Câmara:

“Homem conhecido pelas suas atitudes firmes e posições fortes e combativas, o ex-deputado federal por Pernambuco, Fernando Coelho, sempre lutou pela Justiça e pela democracia no nosso estado e no Brasil. Foi um incansável lutador que exerceu um importante papel, como político e advogado, no combate à ditadura. Contribuiu com a gestão pública como procurador do Recife, como presidente do IPSEP, no primeiro Governo Miguel Arraes, em 1963, como diretor do BNB e como Chefe da Assessoria Especial da terceira passagem de Miguel Arraes pelo Governo de Pernambuco. E com brilhantismo e responsabilidade, coordenou os trabalhos da Comissão Estadual da Verdade, deixando um legado que nos ajuda a seguir firmes em um momento como o atual. O seu exemplo continuará nos inspirando na luta pela liberdade, que precisa ser intensificada para impedirmos o avanço de forças obscuras e comprometidas com o cerceamento dos direitos humanos e de conquistas adquiridas pela nossa população. Assim como Arraes, Pelopidas a coerência foi uma marca em sua longa vida pública. Quero prestar a minha homenagem à família desse pernambucano que deixou o seu exemplo para as gerações seguintes”.

Paulo Câmara
Governador de Pernambuco”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here