Volante do Afogados desabafa após eliminar Atlético-MG: “É um prato de comida”

87
Eduardo Erê comemora bastante após penalidade cobrada — Foto: Reprodução

Por GloboEsporte.com

O Afogados viveu o dia mais importante de sua história nesta quarta-feira à noite, quando bateu o Atlético-MG nos pênaltis, pela segunda fase da Copa do Brasil. A vitória ganha importância pelas disparidades entre os times – a folha da Coruja é de apenas R$ 100 mil, longe dos R$ 9 milhões do Galo. O que gerou um desabafo emocionado do volante Eduardo Erê.

O jogador de 31 anos e pai de dois filhos converteu um dos pênaltis nas cobranças decisivas. E disse que a classificação significava um prato de comida.

“Quero agradecer a Deus, esse jogo tem um significado imenso. Para o Atlético-MG era mais um jogo, para nós é um prato de comida. Eles poderiam ter uma melhor estrutura, um salário melhor. Mas, vontade eles não teriam mais que a gente, eu sabia. Nós colocamos isso dentro de campo e agora é comemorar e pensar também no Pernambucano.”

Com a vaga garantida, o Afogados recebe mais R$ 1,5 milhão e vai usar o dinheiro para comprar o terreno para iniciar a construção de um Centro de Treinamento. O time agora espera o vencedor do confronto entre Ponte Preta e Vila Nova-GO, que acontece nesta quinta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here