Covid-19 já é a doença que mais matou recifenses em 2020

33
Hospital Provisório Recife III Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Por: Portal FolhaPE

O Recife chegou, nesta quinta-feira (21), a 747 óbitos em decorrência da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Isso, em quase 60 dias – a primeira morte com essa causa na Cidade foi no dia 25 de março. A média é de pouco mais de 12 mortes por dia relacionadas à Covid-19, que já é a doença que mais fez vítimas fatais no Recife em 2020.

“Nesses últimos 60 dias, foram mais mortes por Covid do que por infarto agudo de miocardio e acidente vascular cebereal juntos desde o começo do ano (446). Essas são as causas que mais geram mortes em recifenses”, comparou o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia.

O Recife tem, até o momento, um total de 11.584 casos diagnosticados da Covid-19, sendo 6.131 deles considerados leves e 5.453, graves. Há, entre os pacientes monitorados, 2.782 curas, sendo 1.924 de pacientes que manifestaram a forma mais grave da doença e 858 que tiveram quadros brandos.

A Cidade montou um total de sete unidades hospitalares de campanha para atender pacientes suspeitos ou confirmados da doença. No total, 1.054 leitos têm estrutura física pronta, dos quais 313 são de terapia intensiva. Até o momento, foram colocados em operação 727, sendo 125 UTIs.

Além dessas unidades de terapia intensiva, foram instalados oito respiradores em salas vermelhas de alguns hospitais e policlínicas, totalizando 133 equipamentos adquiridos. De acordo com o município, são aguardadas novas remessas de respiradores durante o mês de junho para habilitar os leitos de UTI que ainda não estão operando.

Entre os bairros mais atingidos pelo novo coronavírus na Cidade, estão Boa viagem, com 479 casos e 40 mortes, Várzea, que tem 198 casos e 25 mortes, Iputinga, com 180 casos e 24 mortes, Cohab, que tem 165 casos e 33 mortes, e Casa Amarela, com 162 casos e 16 mortes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here