Dois jovens morrem após encostar em cerca elétrica de casa; imóvel é incendiado por moradores

Vítimas eletrocutadas tinham 22 e 16 anos. Morador da residência, localizada em Tamandaré, é procurado pela Polícia Civil por duplo homicídio.

Por João Paulo Pereira em 28/03/2023 às 07:54:48
Incêndio em casa onde jovens foram eletrocutados, em Tamandaré ¬- Foto: Reprodução/WhatsApp

Incêndio em casa onde jovens foram eletrocutados, em Tamandaré ÔŅĹ- Foto: Reprodução/WhatsApp

Dois homens morreram após receberem uma descarga elétrica na cerca de uma casa em Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco. Segundo a Polícia Civil, os fios da cerca estavam sem proteção, a resid√™ncia foi incendiada por moradores da região após o ocorrido e quem reside no imóvel é procurado por duplo homicídio.

As vítimas foram dois rapazes, de 22 e 16 anos, que não tiveram os nomes divulgados. O caso aconteceu no domingo (26) e foi confirmado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (27). De acordo com testemunhas, e os dois homens que morreram eram primos.

Testemunhas também disseram ao g1 que a cerca de arame foi energizada de forma irregular e que alguns moradores j√° tinham pedido ao vizinho que ele desativasse a eletricidade da cerca, pois ela passava por um dos acessos de uma rua a outra.

A polícia informou que o primeiro a levar a descarga elétrica foi o homem de 22 anos. Ao v√™-lo caído, com um arame no pescoço, o adolescente de 16 anos teria tentado ajud√°-lo. O fio eletrificado bateu no pulso dele, que também caiu no chão por causa da descarga elétrica.

Os moradores começaram a gritar por ajuda até que a esposa do jovem foi ao local e conseguiu afast√°-lo da cerca com um pedaço de madeira. Ela é enfermeira e prestou primeiros socorros às duas vítimas.

Os dois jovens foram levados para um hospital, mas não resistiram aos ferimentos. O homem de 22 anos j√° chegou morto à unidade de saúde. O adolescente, por sua vez, passou por procedimentos de reanimação, mas também morreu.

A Polícia Civil foi até a casa com a cerca elétrica, mas não conseguiu encontrar o morador do imóvel. Em nota, declarou que um inquérito foi instaurado e que "as investigações seguem em andamento até o esclarecimento do crime".

No texto, a polícia pediu que informações sobre o caso sejam repassadas para a Ouvidoria da Secretaria de Defesa Social, com "garantia de sigilo absoluto". É possível fazer uma ligação gratuita para 0800.081.5001 ou ligar para (81) 99488-3455. O atendimento é de segunda a sexta, das 7h às 19h.

Fonte: G1 PE

Comunicar erro

Coment√°rios