Sobe para 43 as cidades afetadas pelas chuvas na Mata Sul e Agreste de Pernambuco; desalojados chegam a 7.057

HĂĄ, ainda, 39 municĂ­pios em situação de emergĂȘncia.

Por João Paulo Pereira em 09/07/2022 às 08:05:56
Fortes chuvas no município de Água Preta - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Fortes chuvas no município de Água Preta - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Subiu de 42 para 43 o número de cidades afetadas pelas fortes chuvas registradas nos últimos dias na Zona da Mata Sul e Agreste de Pernambuco. O município mais recente a entrar na lista é Escada, na Zona da Mata.

Segundo informações da Defesa Civil de Pernambuco divulgadas nesta sexta-feira (8), 39 cidades decretaram situação de emergĂȘncia.

HĂĄ, ainda, 1.271 pessoas desabrigadas e outras 7.057 desalojadas nas regiões afetadas.

As cidades que registraram danos e prejuízos foram: Águas Belas, Água Preta, Altinho, Angelim, Barreiros, Belém de Maria, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçado, Capoeiras, Canhotinho, Catende, Correntes, CortĂȘs, Escada, Gameleira, Garanhuns, Iati, Ibirajuba, Itaíba, Jaqueira, Jucati, Jurema, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Maraial, Palmares, Palmerina, Panelas, Paranatama, QuipapĂĄ, Rio Formoso, SaloĂĄ, São Benedito do Sul, São Bento do Uma, São Joaquim do Monte, São João, São José da Coroa Grande, Tamandaré, Terezinha e Xexéu.

Com o município de Ibirajuba, no Agreste, o número de cidades que decretaram situação de emergĂȘncia por decorrĂȘncia das fortes chuvas passou de 38 para 39.

São elas: Águas Belas, Água Preta, Altinho, Angelim, Barreiros, Belém de Maria, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçado, Capoeiras, Canhotinho, Catende, Correntes, CortĂȘs, Gameleira, Garanhuns, Iati, Ibirajuba, Itaíba, Jaqueira, Jucati, Jurema, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Maraial, Palmerina, Panelas, Paranatama, Rio Formoso, SaloĂĄ, São Benedito do Sul, São Joaquim do Monte, São João, São José da Coroa Grande, Tamandaré, Terezinha e Xexéu.

O total de desabrigados também foi atualizado, passando de 1.446, nessa quinta (7), para 1.271 nesta sexta (8). Além disso, o número de pessoas desalojadas passou de 8.640 para 7.057.

O Governo de Pernambuco informou que estendeu para os municípios da Mata Sul e do Agreste o Auxílio Pernambuco, pagamento de R$ 1,5 mil, em parcela única, destinados às vítimas das chuvas no Estado.

A orientação da Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) é que a população moradora dos locais afetados siga em alerta e não ultrapasse ĂĄreas inundadas ou alagadas. O órgão possui atendimento 24h e pode ser acionado pelos telefones (81) 3181-2490 e 199.

Fonte: Por Portal Folha de Pernambuco

Comunicar erro

ComentĂĄrios