Juiz √© morto a tiros dentro do pr√≥prio carro, em Jaboatão dos Guararapes

Por João Paulo Pereira em 20/10/2023 às 07:52:24
Em nota, TJPE lamentou o crime ocorrido na noite desta quinta-feira - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Em nota, TJPE lamentou o crime ocorrido na noite desta quinta-feira - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

O Juiz de Direito na 21ª Vara Cível da Comarca do Recife, Paulo Torres Pereira da Silva, de 69 anos, foi morto a tiros dentro do seu carro, um modelo WR-V da marca Honda, na noite desta quinta-feira (19).

O crime aconteceu por volta das 20h, em Barra de Jangada, no munic√≠pio do Jaboatão dos Guararapes.

De acordo com apuração da reportagem da Folha de Pernambuco, o juiz trafegava pela rua Maria Digna Gameiro quando quatro homens em um outro ve√≠culo, modelo Ônix da marca Chevrolet de cor vermelha, se aproximaram e "emparelharam" atirando.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urg√™ncia (Samu) foi acionada e encaminhada ao local, mas o juiz foi encontrado sem vida. A confirmação do óbito foi assinada pelo médico Alex Dam√°sio.

Por volta das 23h, o corpo do juiz Paulo Torres foi retirado do local e levado por uma equipe do Instituto de Medicina Legal (IML).

Equipes do Instituto de Identificação Tavares Buril (IITVB) e da Pol√≠cia Civil de Pernambuco (PCPE) continuaram no local dando continuidade ao trabalho de per√≠cia no carro em que o juiz foi atingido. Uma casa vizinha ao local onde o crime aconteceu tem uma c√Ęmera de segurança acoplada ao muro. O objeto deve auxiliar nas investigações.

Por meio de uma nota oficial, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) lamentou o ocorrido. Confira abaixo:

"Com profundo pesar, o Tribunal de Justiça de Pernambuco informa que o juiz Paulo Torres Pereira da Silva foi assassinado na noite desta quinta-feira (19/10). Conhecido como Paulão, o magistrado era muito querido por todos que fazem o judici√°rio pernambucano. Tinha 69 anos e era juiz h√° quase 34 anos. Em v√°rias oportunidades, atuou como desembargador substituto. O Tribunal est√° entrando em contato com as autoridades policiais de Pernambuco e prestar√° todo o apoio necess√°rio para o r√°pido esclarecimento do crime e a responsabilização dos culpados. Que Deus conforte os corações de familiares, parentes e amigos", disse.

A Associação de Magistrados de Pernambuco (Amepe) também divulgou nota de pesar lamentando o crime e pedindo uma investigação célere. Confira abaixo:

Com imenso pesar, a Associação dos Magistrados de Pernambuco AMEPE tomou conhecimento do assassinato do juiz Paulo Torres Pereira da Silva, na noite desta quinta-feira (19). A Diretoria da entidade presta a sua solidariedade a todos os familiares e amigos, e também manifesta rep√ļdio e indignação à viol√™ncia que culminou na morte do magistrado.

A AMEPE est√° acompanhando o caso junto às autoridades competentes e espera uma investigação célere sobre as circunst√Ęncias que ocasionaram a morte do magistrado, com a punição dos respons√°veis com o rigor da lei.

Fonte: Ana Beatriz Venceslau - Portal Folha de Pernambuco

Comunicar erro

Coment√°rios