Duas escolas p√ļblicas de Pernambuco estão entre as 50 melhores do mundo

Nomeação √© de pr√™mio internacional. Vencedores serão conhecidos em outubro.

Por João Paulo Pereira em 16/06/2022 às 09:17:49
Alunos e professores da Etepam comemoram indicação em prêmio - Foto: Tarciso Augusto/Secretaria de Educação

Alunos e professores da Etepam comemoram indicação em prêmio - Foto: Tarciso Augusto/Secretaria de Educação

A Escola Técnica Estadual Professor Agamenon Magalhães (Etepam), localizada no Recife, e a Escola de Refer√™ncia em Ensino Fundamental Evandro Ferreira dos Santos, de Cabrobó, Sertão de Pernambuco, são finalistas do pr√™mio internacional World's Best School Prizes (Pr√™mio Melhores Escolas do Mundo, em tradução livre), que elegeu as 50 melhores escolas do mundo.

A Etepam é finalista da categoria Inovação do pr√™mio com o projeto Live Up, que busca estimular o empreendedorismo social, como com a produção de tijolos ecológicos e o software Cangame, que apoio alunos diagnosticados no espectro autista nos estudos e na comunicação.

J√° a Escola Evandro Ferreira dos Santos, da gestão municipal de Cabrobó, faz parte do programa Educação Integrada e conta com o apoio da rede estadual de ensino. A unidade de ensino é finalista na categoria Superação da Adversidade, com projetos inovadores como o "Distantes sim, desconectados não. Família e escola projetando sonhos, promovendo a inclusão", de autoria da professora Fernanda Sheilânia.

Essa iniciativa integra gestores, professores, alunos e, principalmente, seus familiares para superação de desafios comuns da comunidade. Um dos resultados j√° alcançados é a alfabetização de mães, para que consigam acompanhar o desenvolvimento estudantil de seus filhos.

Escola Evandro Ferreira dos Santos é finalista na categoria Superação da Adversidade (Foto: Divulgação/Prefeitura de Cabrobó)

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Adolfina J. M. Diefenth√§ler, no Rio Grande do Sul, também é finalista, sendo essas tr√™s as únicas brasileiras entre as 50 escolhidas em todo o mundo.

Atualmentre mestre em Engenharia de Software, Eraldo Guerra foi o respons√°vel por criar o Live Up na Etepam em 2010. A ideia desenvolvida era de que os alunos levassem à sala de aula problemas sociais das comunidades em que viviam para buscar soluções. Foi assim que nasceu a ideia do "Construcoco", tijolos ecológicos confeccionados a partir da fibra de coco verde.

"Na época, uma aluna comentou que o bairro em que ela morava sofria com o descarte irregular da fibra do coco, que era bastante comercializado no local. A partir daí, os alunos foram criando possíveis soluções até que chegamos na primeira criação do Live Up, o Construcoco. Com uma resist√™ncia maior que o tijolo convencional, sem precisar do processo de queima ou de cimento em sua composição, o tijolo ecológico nos rendeu destaques internacionais", contou Eraldo Guerra.

Nos anos seguintes, o Live Up abriu janelas para que os estudantes pensassem em v√°rios problemas sociais e encontrassem soluções fora da rota comum.

Entre outros projetos de destaque, h√°, por exemplo, o de um cobertor biológico que ajuda a reduzir a poluição da √°gua dos rios, e do software Cangame, que apoia alunos autistas nos estudos e na comunicação, j√° usado em 23 países. Ambos projetos j√° foram premiados e reconhecidos internacionalmente.

Gestora da Etepam h√° dois anos, Andreia Vieira conta que o título de finalista na categoria Inovação condiz com a realidade que a escola vivencia.

"A categoria em que estamos concorrendo ao pr√™mio final tem profunda conexão com a política e filosofia da nossa escola. Seguimos com este lema e estamos fechando parcerias com escolas de tecnologia", contou a gestora.

World"s Best School Prizes
Em sua primeira edição, a iniciativa é organizada pela instituição britânica T4 Education, em parceria com Fundação Lemann, Fundação Templeton World Charity, Accenture, American Express e Yayasan Hasana, e destaca escolas que promovem pr√°ticas inovadoras de olho na melhoria da aprendizagem.

O pr√™mio é composto por cinco categorias: Colaboração Comunit√°ria, Ação Ambiental, Inovação, Superação da Adversidade e Apoio a Vidas Saud√°veis. São dez escolas que concorrem em cada uma delas.

As tr√™s melhores de cada categoria serão conhecidas em setembro. As vencedoras serão divulgadas durante a Semana Mundial da Educação, em outubro. O pr√™mio final é de US$ 50 mil para cada escola.

Top 10 em Inovação
Escola Técnica Estadual Professor Agamenon Magalhães - Recife, Brasil

Escuela Emilia Lascar - Pe√Īaflor, Chile
Eveline High School - Bulawayo, Zimb√°bue
I Love Dyslexia EFL School - Atenas, Grécia
MCD Co-ed Primary School Lajpat Nagar III - Nova Déli, Índia
N-High School - Okinawa, Japão
Sekolah Kebangsaan Kempandang - Kuatan, Mal√°sia
Shining Star Internacional School - Abu Dhabi, Emirados √Ārabes Unidos
SVKM's CNM School - Mumbai, Índia
St. Helen's School - Londres, Reino Unido

Top 10 em Superação da Adversidade
Amani School for Refugees - Kakuma, Quênia
Best Intellectuals Model School - Aba Abia State, Nigéria
Marcus Garvey Technical High School - St. Ann's Bay e Ocho Rios, Jamaica
Pinelands North Primary School - Cidade do Cabo, √Āfrica do Sul
Project Shelter Wakadogo - Gulu, Uganda
Samaritan Mission School - Howrah, Índia
SMK Kampong Jawa - Selangor, Mal√°sia
St. Edward's Primary School - Tamworth, Austr√°lia
Escola de Refer√™ncia em Ensino Fundamental Evandro Ferreira dos Santos - Cabrobó, Brasil
West End Primary - Mitchells Plain, √Āfrica do Sul

Fonte: Por Fabio Nóbrega - Portal Folha de Pernambuco

Comunicar erro

Coment√°rios