Em Serra, Lula volta a defender Danilo e criticar Bolsonaro

Por João Paulo Pereira em 21/07/2022 às 08:07:48

Assim como fez em Garanhuns mais cedo, o ex-presidente Lula, voltou a defender a chapa da Frente Popular no Estado que tem os pré-candidatos Danilo Cabral (governador), Teresa Leitão (senadora) e Luciana Santos (vice-governadora).

"Não confundo minha relação de amizade com a minha relação política. Não estou em Serra Talhada para ser contra ninguém. Em Pernambuco meu candidato é Danilo Cabral", bradou o ex-presidente.

Lula voltou a defender que as pessoas peguem os R$ 600,00 do Auxílio Brasil. "Se aparecer dinheiro na conta de vocĂȘs, peguem, porque se vocĂȘ não pegar e acabar as eleições, o Guedes pega pra ele. Peguem e comprem comida para a casa de vocĂȘs, não se envergonhem, mas na hora de votar dĂȘ uma banana pra ele", defendeu Lula.

Ainda segundo Lula as pessoas não podem acreditar em fantasia. "Não dĂĄ pra gente acreditar nesse genocida que não teve coragem de botar vacina quando precisava", disse Lula.

O pré-candidato também aproveitou para lembrar o contexto da eleição deste ano. "Não estamos fazendo uma eleição comum, esta eleição é diferente. Porque não estamos fazendo uma disputa entre dois candidatos, entre dois partidos, estamos fazendo uma candidatura que defende a democracia, que defende os direitos humanos e do outro lado um cara desumano, um cara que nunca teve coragem de derramar uma lagrima pelas vidas perdidas para a Covid-19, destacou Lula.

Se dirigindo a prefeita de Serra Talhada, MĂĄrcia Conrado (PT), Lula disse ter uma dívida de gratidão com o município. Lembrou que nunca perdeu uma eleição para presidente na cidade. "A última eleição pra presidente que eu participei, nesta cidade foram 90,8% dos votos", lembrou.

Fonte: Por AndrĂ© Luis - Blog do Nill JĂșnior

Comunicar erro

ComentĂĄrios