Náutico surpreende, bate o Ceará no Castelão e está na semifinal da Copa do Nordeste

0
19
Náutico está na semifinal da Copa do Nordeste Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
Fernando Castro
Twitter: @fernand0_castro
JC Online

O Náutico está na semifinal da Copa do Nordeste! Contra o Ceará, na Arena Castelão, o time alvirrubro surpreendeu e derrubou o favoritismo do time alvinegro ao vencer o jogo por 2×0. Os gols do jogo foram marcados pelo zagueiro Valdo, contra, e pelo atacante Thiago, ambos no segundo tempo. Com a classificação, o Timbu aumentou a série de invencibilidade para 18 partidas e de quebra leva uma cota de R$ 375 mil.

Com a classificação, o Náutico aguarda o vencedor da partida entre Botafogo-PB e CSA, que acontece neste domingo, às 18h, no estádio Almeidão, na Paraíba, para conhecer o adversário na semifinal. Com o término das quartas de final, a Copa do Nordeste vai dar uma pausa e as semifinais só serão disputadas no próximo mês.

O JOGO

Para o confronto decisivo, o técnico Márcio Goiano mandou a campo o mesmo time que venceu o Afogados, na última quarta-feira (3), pelo Campeonato Pernambucano. Mais um vez o centroavante Wallace Pernambucano, artilheiro do time no ano, ficou no banco de reservas. Já o treinador Lisca, com passagens pelo Náutico, surpreendeu na escalação. O comandante do Ceará mandou a campo praticamente o time considerado reserva.

E nos primeiros minutos de jogo, o Ceará começou melhor, tentando impor o favoritismo de antes da partida dentro de campo. Antes dos dez minutos do primeiro tempo, por pouco o time alvinegro não abriu o placar com duas boas oportunidades. A primeira, depois de erro de Camutanga, o meia Wescley ficou na cara do goleiro Bruno, que fez a defesa. Depois, o lateral esquerdo João Lucas invadiu a área alvirrubra e acertou a trave.

O Ceará era melhor na partida, os jogadores do Timbu pareciam nervosos. Acuado, o Náutico só veio ter uma boa oportunidade de gol aos 15 minutos da primeira etapa. O centroavante Odilávio, recebeu a bola na intermediária e acertou uma bomba para o gol, o goleiro Richard fez grande defesa, evitando o gol alvirrubro.

A partir dos 25 minutos do primeiro tempo, o Náutico equilibrou mais as ações da partida, quando conseguiu ter mais posse de bola. Mesmo sem grandes chances de gols, as duas equipes faziam um confronto movimentado, até então aberto. E assim terminou a primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo começou mais pegado. Assim como no início de jogo, o Ceará tentava pressionar o Náutico no ataque, mas a defesa alvirrubra conseguia suportar bem as investidas do time alvinegro. Aos 19 minutos, foi a vez do Timbu carimbar a trave. O lateral direito Hereda cruzou para a área e a bola quicou, ganhando altura e atingindo o travessão.

Com mais posse de bola depois que Wallace Pernambucano foi acionado na partida, o Náutico surpreendeu e chegou ao gol aos 30 minutos da segunda etapa. O jovem atacante Thiago, de 18 anos, que não vinha bem no jogo, fez uma bela jogada dentro da área, limpando o marcador e chutou cruzado, o zagueiro Valdo desviou e tocou contra o próprio patrimônio, abrindo o placar do jogo.

Com o placar adverso, o Ceará se jogou no ataque em busca do empate. Com o final de jogo dramático, o Náutico suportou bem a pressão do Vozão e, aos 45 minutos do segundo tempo, em um rápido contra-ataque puxado por Wallace Pernambucano, matou o jogo. Thiago recebeu o passe do artilheiro alvirrubro e com frieza marcou o segundo gol do Timbu.

FICHA DO JOGO

Ceará: Richard; Cristovam, Valdo, Eduardo Brock e João Lucas; Edinho, Auremir (Ricardo Bueno), Fernando Sobral e Wescley (Chico); Leandro Carvalho (Ricardinho) e Roger. Técnico: Lisca.

Náutico: Bruno; Hereda, Diego, Camutanga e Assis; Josa, Luiz Henrique (Fábio Matos) e Danilo Pires (Maylson); Jorge Henrique, Thiago e Odilávio (Wallace Pernambucano). Técnico: Márcio Goiano.

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE). Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI). Assistentes: Márcio Iglésias Araújo Silva (PI) e Alisson Lima Damasceno (PI). Gols: Wallace Pernambucano aos 30′ e Maylson aos 38′ do 2ºT. Cartões amarelos: Bruno, Diego Silva, Camutanga, Jorge Henrique e Josa (Náutico); Eduardo Brock e Roger (Ceará); Público: 36.140. Renda: R$ 230.102.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here