Policial: escolta de preso em Afogados, agressão em Itapetim e Solidão e porte ilegal de arma em Iguaracy

0
219
Escolta de preso em Afogados – Após determinação da Central de Operações, atendendo solicitação da Guarda da Cadeia Pública, o efetivo conduziu um detento de 22 anos ao Hospital Regional Emília Câmara, pois ele queixava-se estar sentindo febre. Após receber atendimento médico, o detento foi entregue na Cadeia Pública. A escolta transcorreu sem alteração.
Agressão em Itapetim – Durante Operação Combate ao CVLI e CVP, o efetivo foi informado pela a testemunha que a vítima teria sofrido uma agressão por parte do seu companheiro. O policiamento deslocou-se à residência da vítima, onde ela informou que seu companheiro tinha lhe agredido, ainda apresentou a faca suja de sangue, a qual teria sido usada para agredir a vítima, bem como essa não foi a primeira vez que o imputado fez isso. Após agredir a vítima, o imputado evadiu-se do local. Rondas foram realizadas e o imputado foi localizado na casa do seu genitor. Diante dos fatos, as partes foram encaminhadas à DP de plantão, na cidade de Afogados da Ingazeira, onde ele foi autuado em flagrante delito.
Agressão em Solidão – Durante a realização da Operação Combate ao CVLI e CVP, o efetivo foi informado por um homem de 42 anos, que tinha sido agredido por outro de 26. Deslocaram-se até a residência do acusado, onde este informou que os dois entraram em vias de fato, pois o homem de 42 anos havia xingado sua companheira. Diante dos fatos, as partes desentenderam-se e agrediram-se mutuamente. Os dois foram conduzidos à DP local, onde ambos responderão a um TCO.
Posse ilegal de arma de fogo em Iguaracy – Durante a realização da Operação Combate ao CVLI/CVP, o efetivo do Oficial de PJES, GATI, Malhas da Lei e Polícia Civil da 20ª DESEC, realizaram diligências no Sítio Monte Alegre, onde segundo informes se encontrava um indivíduo, o qual, existe em seu desfavor um Mandado de Prisão em aberto. Ao chegar no endereço citado, não foi encontrado o alvo referente ao Mandado de Prisão, no entanto após franquiada a entrada na casa e ao ser indagado para o proprietário (imputado), quanto a existência de produtos ilícito naquela residência, ele informou possuir 02 (duas) armas de fogo. O imputado tinha em sua posse 01 espingarda Cal.36, marca/modelo ilegíveis, nº 93459, com 04 (quatro) cartuchos carregados de Cal.36 e 01 espingarda Artesanal/Ante Carga de numeração inexistente, porém sem nenhum registro que lhe autorizasse manter em sua posse as referidas armas. Diante dos fatos expostos, o imputado e as armas apreendidas, foram encaminhas à DPC local onde o imputado foi autuado em Flagrante Delito.
Fonte: Blog Mais Pajeú

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here