Eventos de São João têm limite de horário e policiamento precisa ser solicitado ao governo de PE

0
141
São Pedro 2017 de Itapetim. Foto: Divulgação.

Do G1 PE

Os representantes de instituições públicas ou privadas que irão realizar eventos juninos no estado têm até o dia 11 de maio para solicitar medidas de segurança pública. Assim como no ano passado, as festas têm horários específicos para acontecer.

A decisão, que foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (27), foi justificada pela Secretaria de Defesa Social como parte de um planejamento prévio para garantir organização e segurança nos polos de festa. Os eventos marcados para as sextas, sábados e para o dia 24 de junho (domingo de São João) devem acontecer das 10h às 2h. Nos demais dias, o horário permitido é das 10h às 0h.

Em alguns casos, como de eventos tradicionais ou de grande porte, a SDS pode autorizar que o evento ultrapasse em duas horas o horário estabelecido, seja começando mais cedo ou terminando mais tarde. Para isso, o organizador precisa incluir na solicitação de segurança, os motivos para que o limite de horário seja ultrapassado.

Os eventos que acontecerem entre os dias 1º de junho e 1º de julho se encaixam neste quadro, considerando o período pré São João entre 1º e 21 de junho, o período de São João de 22 a 24 de junho e o pós São João de 25 de junho à 1 de julho.

A medida se aplica a todas as cidades de Pernambuco, incluindo eventos organizados pelas prefeituras municipais. Algumas cidades, como Caruaru, já divulgaram a programação do São João.

Todos os pedidos passarão por uma análise da SDS, para decidir se é ou não necessário a implementação de mais policiamento, além do que já é diariamente empregado na região do evento. Se sim, também ajudará na definição do número de efetivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here